01/set
formatura748

Pedagogia foi o curso com o maior número de concluintes em 2016

01 / set
Publicado por Allan Nascimento em NOTÍCIAS às 14:06

Desde 2010 liderando o rol de cursos com maior número de alunos concluintes, o bacharelado em administração perdeu a posição e agora ocupa o segundo lugar na lista. Trocou de posto com pedagogia, que contabilizou 125 mil egressos (ante 118,3 mil de Administração) em 2016.  A informação consta no Censo da Educação Superior do ano passado, divulgado na quinta-feira (31.08) pelo MEC, em Brasília.

Nos últimos sete anos, pedagogia sempre esteve entre os três que mais formavam profissionais – em 2009, já eram 104 mil concluintes. Além disso, pedagogia foi o curso com o maior número de ingressantes no ano passado. Entre 2009 e 2016, o curso praticamente se manteve estável no terceiro lugar em número de ingressantes – à exceção foi em 2011, quando ficou na vice-liderança do ranking.

Para a pedagoga Auxiliadora Padilha, doutora em educação e professora do curso de pedagogia da UFPE, a alta procura pela graduação é fruto de um novo entendimento das possibilidades do mercado de trabalho. “Apesar da profissão de professor passar por um período de grande desvalorização e diminuição do status, essa procura tem ampliado, na minha opinião, porque se percebe atualmente a necessidade desse profissional não apenas nos espaços escolares regulares”, conta ela.

Hoje, o pedagogo percebe na sociedade da informação e do conhecimento um mercado de trabalho amplo e criativo. Quem tiver essa percepção, se dará bem melhor na profissão – mesmo os que permanecerem na escola, pois é necessário ter uma outra concepção de educação e formação profissional e humana.

Auxiliadora Padilha, pedagoga e professora da UFPE

“Considerando que hoje é preciso uma formação ao longo da vida, o pedagogo tem sido buscado para atuar em espaços onde é necessária uma formação continuada, sendo requisitado, por exemplo, em empresas, hospitais, indústrias…”, explica a professora. Espaços do terceiro setor, organizações não governamentais e startups também entram nessa lista.

“O campo de produção de cursos à distância, elaboração de material didático e execução de cursos livres e independentes também têm sido uma opção que os pedagogos estão buscando cada vez mais”, finaliza Padilha.

TOP 10

Além de Pedagogia e Administração, os cursos de Direito, Ciências Contábeis, Gestão de pessoal (recursos humanos), Engenharia Civil, Enfermagem, Serviço Social, Psicologia e licenciatura em Educação Física, respectivamente, complementam o ranking das graduações que mais formaram profissionais no último ano. Somente estes dez cursos foram responsáveis por cerca de 55% das conclusões no ensino superior em 2016.

LEIA MAIS

Número de alunos na rede particular de ensino superior cai no País


FECHAR